Marketing de Influenciadores: minha empresa pode utilizar essa estratégia?

Marketing de Influenciadores: minha empresa pode utilizar essa estratégia?

O marketing oferece muitas oportunidades para que a sua marca esteja sempre a frente dos seus concorrentes. Entretanto, você precisa saber como e quando usar cada estratégia para que você consiga obter resultados. Hoje vou abordar sobre o Marketing de Influenciadores e mostrar como a sua empresa pode colocar em prática essa estratégia.

O que é Marketing de Influenciadores?

O marketing de influência são ações de engajamento com pessoas influentes no meio digital para que elas compartilhem opiniões e experiências com os produtos e serviços das marcas, com o objetivo de influenciar a decisão de compra dos seus seguidores.

Quem são os influenciadores digitais?

É uma nova profissão que surgiu junto com a internet. Muitas vezes, os influenciadores não são amplamente famosos, entretanto são muito conhecidos por aquele público segmentado que o segue e tem ele como referência em alguma área específica.

Normalmente os influenciadores têm um número elevado de seguidores e atingem números incríveis de engajamento em todas as postagens e stories que divulgam. Eles são considerados autoridades na área.

Alguns exemplos que podemos dar é: na área de alimentação equilibrada, a Gabriela Pugliesi, na hora de moda e maquiagem, a Camila Coelho ou a Flávia Pavanelli. Se formos falar sobre empreendedorismo, podemos citar como influencers da área o Conrado Adolpho e o Abílio Diniz, por exemplo.

Minha empresa pode usar essa estratégia?

Qualquer marca que tenha na área um influencer pode utilizar essa estratégia. Veja como começar a colocar o marketing de influência em prática:

Defina o objetivo da ação

Para saber o que fazer, você deve saber onde você quer chegar. Para isso, o primeiro passo é definir o objetivo desta ação. Segue alguns exemplos mais usados:

• Fortalecer a marca
• Gerar leads
• Aumentar as vendas
• Lançar um novo produto no mercado
• Fortalecer a presença digital da sua marca.

Defina o tipo de influencer para a sua campanha

Você tem que fazer um estudo do mercado em que você atua e ver quem são os influenciadores do seu segmento. Quem os seus clientes ouvem antes de comprar o tipo de produto ou contratar o tipo de serviço que você oferece?

Além disso, outro ponto a ser estudado durante a escolha do influencer é o engajamento que ele tem com os fãs e não o número de seguidores. Vamos a um exemplo:

Uma pessoa pode ter 100 mil seguidores e ter uma taxa de engajamento de 1%, o que significa que está atingindo apenas 1000 pessoas.
Uma pessoa pode ter 50 mil seguidores e ter uma taxa de engajamento de 5%, o que significa que está atingindo 2500 pessoas.
Mesmo com menos seguidores, o segundo exemplo tem mais engajamento e atinge um número maior de pessoas para a divulgação da sua ação.

Outro dia saiu um artigo muito interessante, sobre uma empresa que contratou um Digital Influencer e não vendeu 36 camisetas no seu ecommerce. Por isso, tome cuidado na hora de contratar seus influenciadores digitais, procure descobrir a taxa de engajamento destes perfis.

Veja alguns tipos de influencer:

Top Celebridade: algum famoso que todos conhecem, mas que não necessariamente tem relação com o mercado em que o seu negócio atua.
Fit Celebridade: é aquele encaixe perfeito, além de ser muito famoso e conhecido, esse famoso tem grande influência no mercado em que a sua empresa está inserida.
Autoridade: esse tipo de influencer sabe do que está falando e o endosso vale muito entre os seguidores dele.
Ecossistema: é quando você utiliza vários pequenos influenciadores de um só assunto. Dessa forma, você vai dominando a conversa entre eles e a sua ação ganha repercussão.

Onde encontrar mais informação sobre Digital Influencers

Tenho buscado informação a respeito ultimamente, até porque muitas marcas tem usado essa estratégia para alcançar seus objetivos de marketing.

Um pessoal que é autoridade no assunto de Digital Influencers é a Youpix. Eles tem um programa de treinamento específicio para esse mercado que é o Youpix Influencer Marketing Program, vale a pena dar uma estudada no assunto. A Bia Granja que é gestora da empresa, deu uma palestra sobre o assunto recentemente e trouxe muitas informações importantes.

Uma dica muito bacana para que tem pouco orçamento é procurar por micro influenciadores digitais, aquelas pessoas que nem sempre tem muitos seguidores mas que conectam-se muito bem com sua audiência e com um público muito específico.

Além disso, o canal no Medium da Youpix tem muita informação a respeito. Vale super a pena!

Conheça Web Analítica

Quer fazer o seu negócio decolar no mundo digital? Fale com a gente!

Inbound Marketing: Como aplicar essa estratégia na minha empresa?

Inbound Marketing: Como aplicar essa estratégia na minha empresa?

Com o uso cada vez mais frequente de redes sociais, sites e blogs, os setores de marketing e de vendas se viram obrigados a inovar na hora de atingir e consolidar novos clientes. Como um setor está inteiramente ligado ao outro, o marketing digital passou a ser a fonte de geração de clientes à empresa, que serão levados à compra pelo setor de vendas. Para isso, o momento da atração é um dos mais importantes, e o Inboud Marketing é a solução mais eficaz da atualidade.

Empresas de diversos ramos e portes vêm aplicando o Inboud Marketing para atrair seus leads. Esse termo se refere às empresas ou pessoas que entram em contato ou acessam os sites ou redes sociais de uma empresa, e têm potencial para serem futuros clientes. Para isso, os conteúdos relevantes publicados no site, redes sociais e blogs da empresa são o alicerce dessa técnica de Marketing Digital.

(mais…)

Como o Marketing Digital pode Impulsionar o meu Negócio?

Como o Marketing Digital pode Impulsionar o meu Negócio?

Uma boa estratégia de marketing digital pode ajudar a impulsionar o seu negócio.

A criação de uma presença estruturada na web contribui para o conhecimento da marca, para o aumento dos canais de atendimento e de distribuição, além de proporcionar a oportunidade de captação de novos clientes.

Existem diversas ações que podem ser tomadas para a construção de uma presença relevante na Web. Aqui, veremos alguns dos principais benefícios do investimento em marketing digital, e como começar.

(mais…)

5 maneiras de gerar vendas no e-commerce usando o Facebook

5 maneiras de gerar vendas no e-commerce usando o Facebook

Como usuários do Facebook, todos nós já estamos acostumados a ver algumas propagandas no feed. Se você prestou atenção, deve ter percebido que os anúncios no Facebook não são apenas de grandes empresas, mas também de negócios pequenos e médios. Se prestou mais atenção ainda, talvez tenha percebido que o tipo de publicidade que aparece para você é diferente do que aparece para seus amigos.

Isso porque o Facebook cria um alcance personalizado para seus anúncios, o que aumenta as chances de interesse do público. Isso acontece com a ajuda da própria marca que está sendo veiculada, através de ferramentas integradas que ajudam a mapear os dados do público-alvo.

Esse é um dos motivos pelos quais os anúncios no Facebook realmente funcionam. O site Adweek já comprovou a eficácia dessa técnica de marketing com um estudo; chegaram a conclusão de que o retorno comum do investimento em Facebook Ads é de 152% no ecommerce. Nada mal, hein?

Então, você que tem uma loja virtual e está procurando meios de aumentar o número de vendas, já deveria estar considerando anunciar no Facebook. Entretanto, talvez você já tenha tentado e não deu muito certo. Afinal, o que aconteceu então, se para tantas outras empresas essa estratégia funciona tão bem?

Não esqueça de que o site é apenas um meio para chegar ao seu objetivo. Para que os anúncios funcionem, é preciso um esforço conjunto na criação do conteúdo com o Facebook, para que ele não só alcance muitas pessoas, mas que seja interessante o suficiente para que as pessoas realmente cliquem. Veja algumas dicas de como deixar seus anúncios atraentes e, consequentemente, gerar vendas em sua loja:

Defina o seu público-alvo

É claro que você quer o maior número de pessoas adquirindo seus produtos, mas nada é vendido da mesma forma para todo mundo. Se você trabalha com produtos de maquiagem, por exemplo, seu maior público será composto de mulheres. Se seus produtos são infantis, você precisa alcançar os pais das crianças, que se encaixarão em uma faixa etária mais elevada.

Analise seu e-commerce e veja bem quem se atrai por ele. Com essas informações em mãos, você não só vai informar o Facebook desses dados, como também avisará sua equipe de criação. As propagandas devem ser elaboradas com base nesse público-alvo, relacionarem-se com ele e não soarem genéricas. Só não esqueça, claro, de alinhar também o conteúdo com o valor e a visão da empresa.

 

 

Evite cliques de curiosidade

Por mais tentador que possa parecer, por gerar mais cliques, não adianta muito na prática que os anúncios não estejam com todas as informações. O preço, as condições de pagamento ou de envio são exemplos de esclarecimentos que podem ser expostos desde o começo. Isso evitará uma grande quantidade de cliques que não se transformarão em vendas, e aproximará o anúncio de quem está realmente disposto a conhecer o produto com todas as suas condições.

 

 

Incentive o acesso

Ainda que você queira evitar os curiosos, é claro que alguma coisa precisa chamar a atenção – mais do que o preço ou qualquer outra informação. Algumas palavras específicas costumam funcionar bem, como “barato”, “novo”, “menor [preço]” ou “grátis”. O senso de urgência também é uma boa ideia, como promoções de tempo limitado ou avisos de “últimas peças”.

 

 

Capriche nas imagens

Anúncios com imagens são os melhores, definitivamente. O olho humano se atrai primeiro para a imagem de um post em quase todas as situações, e ela dará o tom da publicidade. Por isso, é muito importante que as fotos usadas não sejam genéricas demais ou não mostrem o produto anunciado claramente.

Para garantir uma boa imagem em anúncios de Facebook, reúna esses pontos: mostre o produto, só use arquivos com boa qualidade, deixe a imagem limpa, e mostre os elementos da foto na ordem em que devem ser vistos pelo leitor.

 

 

Use o AIDA

AIDA é a nomenclatura de um modelo de texto que serve para aumentar o engajamento do público. Ele significa Atenção, Interesse, Desejo e Ação, e narra basicamente o processo pelo qual o cliente deve passar ao ver o anúncio. Facebook Ads vêm com limite de caracteres, então o modelo é ótimo para checar se os leitores realmente conhecerão todos esses passos.

 

 

Qual é a diferença entre Landing Pages e Squeeze Pages?

Qual é a diferença entre Landing Pages e Squeeze Pages?

Veja neste artigo como você pode diferenciar uma Landing Page de uma Squeeze Page.

Em um mercado emergente e de grande exposição no momento como o marketing digital é comum acontecer algumas confusões em relação a termos utilizados por “ditos” profissionais de marketing digital que tem surgido por aí como aventureiros do empreendedorismo digital.

É natural que isso esteja acontecendo no momento que vivemos onde diversos novos Infoprodutos e Cursos online tem surgido como a solução para todos os problemas da humanidade e onde se vê uma boa alternativa para um “ganho” financeiro expressivo.

(mais…)
As 15 buscas mais esquisitas do Google

As 15 buscas mais esquisitas do Google

Já é difícil pensar na vida sem o Google. Mesmo desconsiderando todos os aplicativos e sites úteis, como Gmail, Drive, Youtube, Google + (OK, talvez não este último), viver sem a busca do Google parece distante. Além dos trabalhos de escola, das letras de músicas e todas as buscas que todos fazemos, existem as buscas (muito) estranhas que as pessoas fazem.

O site Search Factory, especializado em serviços de marketing online, listou perguntas e afirmações bizarras são que são feitas centenas ou milhares de vezes no Google, todos os meses. Apesar de o site ser australiano, você vai ver que as buscas são bastante universais. (mais…)

Pin It on Pinterest

× Fale no Whatsapp!