Receita de publicidade on-line cresce 22%

Loading Likes...

Com mercado publicitário estável, receita online acumulada até agosto cresce 22% na comparação com mesmo período de 2008.

A internet lidera o crescimento da publicidade brasileira no acumulado até agosto em um setor marcado pela estabilidade, segundo dados divulgados pelo Projeto Inter-Meios.

A receita publicitária online chegou a 156,6 milhões de reais em agosto, aumento de 25% em comparação aos 127,9 milhões registrados no mesmo mês de 2008.

Se considerarmos a receita publicitária registrada nos oito primeiros meses de 2009, o crescimento da cifra é de 22%, partindo de 449,1 milhões de reais em 2008 e atingindo 550,6 milhões de reais neste ano.

Com o aumento, a internet se posiciona como mídia que mais cresce em um mercado publicitário estável – se considerarmos todos os veículos, a cifra gasta em 2008 é idêntica à registrada neste ano: 13,3 bilhões de reais.

Na comparação com o desempenho de outros veículos até agosto, a internet aparece na liderança, seguida pela publicidade em mídia externa (crescimento de 11,3% comparado a 2008), rádio (6%) e televisão (2,5%).

TV por assinatura (queda de 1,9%), cinema (-6,9%), revista (-9,6%), jornal (-11,2%) e guias e listas (-21%) aparecem como os setores cujas receitas publicitárias encolheram na comparação entre 2008 e 2009, segundo o Inter-Meios.

Se considerarmos a participação de cada meio no acumulado até agosto de 2009, a televisão mantém sua folgada liderança, responsável por 60,1% do setor, seguida por jornal (14,9%) e revista (7,2%).

A internet respondeu por 4,1% dos investimentos publicitários e ocupa a quinta posição, próxima do rádio (4,5%).

Fonte: IDGNow

E-commerce atrai 66% dos internautas brasileiros

Loading Likes...

Em julho, mais de 66% dos 25 milhões de usuários de internet no Brasil acessaram sites relacionados a comércio eletrônico. Os dados são provenientes da comScore, empresa de medição digital.

A comScore registrou 10,1 milhões de visitantes únicos no MercadoLivre.com.br, 4,8 milhões no BuscaPé e 4,6 milhões no Submarino, em julho de 2008. O Shoptime.com.br, com 1,3 milhão de visitantes únicos, teve o maior tempo de navegação, média de 6,8 minutos por visita.

Alex Banks, diretor da comScore para América Latina, infere que a internet está ganhando importância entre os brasileiros como instrumento de consulta de preços, já que muitos dos sites mais acessados incluem uma funcionalidade de comparação de valores.

O maior interesse dos brasileiros que visitam sites de comércio eletrônico está na categoria de eletrônicos domésticos, seguida pela de livros e brinquedos.

A comScore considera em sua análise o universo de pessoas maiores de 15 anos de idade que acessa a web de casa ou do trabalho, cerca de 25 milhões de pessoas. Considerando o acesso de qualquer lugar, a empresa calulca mais de 56 milhões. O Ibope/NetRatings, que faz a medição mensal da internet brasileira, estima em quase 23 milhões o número de usuários residenciais, e aponta mais de 40 milhões com possibilidade de entrar na rede a partir de qualquer ponto.

Fonte: IT Web