Loading Likes...

Especialistas de marketing digital e search chamam atenção para o CTR diferenciado de usuários do microblog.

Quem acompanha o segmento de publicidade online ou responde por análises de tráfego em sites provavelmente já se deu conta do perfil diferenciado que o CTR (click trough – taxa de cliques em tradução livre do inglês) de usuários do Twitter apresenta. Durante o Uaiseo, evento realizado em belo Horizonte entre os dias 25 e 26/9, e que reúne as comunidades de marketing na internet, mais especificamente aquelas que cuidam do formato e da apresentação dos sites para aumentar-lhes a visibilidade, o IDGNow! conversou com profissionais do ramo de internet sobre esse perfil singular de internauta e seus hábitos e expectativas.

Para Alex Pelati, à frente do departamento de SEO da agência de marketing e de internet AO5, a qualidade do clique oriundo do Twitter é especial. “Se ele chegou ao seu site através do Twitter, ele já vem com alguma imagem formada sobre a empresa e agora está disposto a saber mais sobre quem você é e o que oferece”.

Qualificado

“É bem diferente do visitante que chega às páginas com base em uma busca orgânica no Google, por exemplo”, continua Pelati. “O que obrigou esse internauta a clicar no link? A motivação é o interesse e a relevância daquela informação. Uma vez disposto a gastar o tempo visitando um site entre milhões de outros é conhecer”, finaliza.

Poder aquisitivo e conversão

Na perspectiva de Diógenes Passos, que ocupa o cargo de webanalytics (mensuração de volume de visitas) no portal Globo.com, “o visitante que vem ao site através do Twitter busca interação… ele é exigente, vem ao site lê o que interessa e sai”.

Sobre poder aquisitivo e conversão proporcionado por esse tipo de internauta, Diógenes diz que estes vêm ao site com grande intenção de converter, por outro lado, se não encontram rapidamente o que querem, abandonam a página.

No que tange ao poder aquisitivo, existem ferramentas e serviços bastante caros que dão conta desse tipo de informação. Um deles é o ComScore, outro, o Ibope. “Grandes players têm a opção de contratar esses serviços para definir o perfil desse público, mas é uma ínfima parte de veículos ou de empresas que dispõem desses recursos”.

Monitoramento

Não é fácil monitorar o tráfego gerado em um site quando ele vem de APIs (programas) que se comunicam com o serviço do microblog. “Visitas geradas por aplicativos como o Tweetdeck e outros softwares aparecem no painel de controle do Google Analytics como visitas diretas, o que causa confusão na hora de avaliar a performance de uma campanha, de uma promoção ou outra operação que se deseja acompanhar de perto, com informações precisas”, finaliza o analista Passos.

Fonte: Webinsider

Cadastre-se para novas atualizações

Cadastre seu email e receba nossos novos artigos relacionados ao Marketing Digital.

Não se preocupe. Também não gostamos de SPAM.

Obrigado! Seu email foi cadastrado com sucesso.

Cadastre-se para novas atualizações

Cadastre seu email e receba nossos novos artigos relacionados ao Marketing Digital.

Não se preocupe. Também não gostamos de SPAM.

Obrigado! Seu email foi cadastrado com sucesso.