Marketing de experimentação: você já ouviu falar nessa estratégia?

Marketing de experimentação: você já ouviu falar nessa estratégia?

Conheça como funciona a estratégia de marketing de experimentação.

O marketing passou por profundas transformações nos últimos anos, especialmente com o advento do digital e a mudança de perfil do consumidor, que tende a rejeitar aquelas propagandas invasivas. No entanto, nesta relação entre empresa e cliente a partir do marketing, existe algo que não mudou: para conquistar o consumidor, é preciso, acima de tudo, oferecer a melhor experiência possível.

E como isto é possível no meio digital? Através do marketing de experimentação. Você pode nunca ter ouvido falar deste conceito, mas sabe o quanto oferecer um “gostinho” do seu produto pode fazer a diferença na hora de influenciar a decisão de compra do público.

Se você quer entender melhor essa estratégia, nós vamos te explicar os fundamentos do marketing de experimentação e quais as melhores práticas para aumentar a conversão.

O que é marketing de experimentação?

De uma forma simplificada, o marketing de experimentação consiste em oferecer um “test drive” do seu produto ao cliente. Você deve estar pensando que essa estratégia é bem antiga. E é mesmo! Porém, com o passar do tempo, elas simplesmente sumiram do orçamento das equipes de marketing. Se você estiver atento aos rumos do mercado, é uma ótima hora para sair na frente.

Explica-se: o marketing nos dias atuais está muito atrelado aos conceitos do digital, como inbound, SEO, entre outros. Porém, na busca incessante pela automação e captação online de clientes, é preciso entender que o lado humano, a experiência física, não podem simplesmente serem deixados de lado.

Já sabemos que o consumidor está nas rédeas das relações do mercado. A decisão é dele. Porém, mesmo com o inbound marketing, pode ser difícil posicionar o seu conteúdo de forma autêntica.

Construção da experiência

O marketing de experimentação não vai de encontro ao poder de decisão do cliente. Pelo contrário: está totalmente ligado a ele! O que isso significa? Que se o indivíduo de fato está interessado no seu produto, por que não oferecer um “gostinho” dele para que o cliente tenha certeza de que está fazendo a melhor opção?

Em uma era onde a concorrência está cada vez maior, as pessoas estão cada vez mais receosas na hora de fechar uma compra. Pesquisam no Google, perguntam para os amigos… Mas nada pode ser mais efetivo do que oferecer a elas a construção de sua própria experiência.

Se essa experiência for positiva, o retorno é simples: as pessoas vão querer retribuí-la, naturalmente comprando com a sua empresa. Daí em diante, se esta relação for bem estimulada, a sua empresa ganha um cliente fidelizado.

Benefícios do marketing de experimentação

Em primeiro lugar, ao confiar o poder da experiência ao cliente, a empresa melhora a percepção da marca e ganha a confiança do consumidor, além de validar a qualidade de seu produto.

Não menos importante, essa estratégia também facilita a mensuração do Retorno Sobre Investimento (ROI), pois é possível gerir a quantidade de distribuição de itens e os resultados obtidos.

Gostou das dicas? Se você quer iniciar esta estratégia na sua empresa, deixe seu comentário e iremos atender você.

5 dicas para gerar resultados no engajamento das redes sociais

5 dicas para gerar resultados no engajamento das redes sociais

Apesar de o engajamento entre clientes e marcas ter caído muito nos últimos anos, investir nas redes sociais ainda é extremamente importante para os negócios. Isto porque as redes sociais têm a capacidade de aproximar audiência e empresa de uma forma que nenhuma outra ferramenta de marketing proporciona.

Por isso, eu preparei este artigo com 5 dicas para gerar resultados no engajamento das redes sociais. Continue lendo para conhecer todas!

1. Tenha personalidade

Tenha Personalidade nas redes

Criar uma identidade para a sua marca é essencial para obter engajamento e resultados. Ao utilizar o tom de voz correto, você cativa a sua audiência potencializando a interação. Além disso, com uma personalidade bem definida, fica muito mais fácil comunicar-se com o seu consumidor.

Para fazer isso, estude as buyer personas do seu negócio. O perfil dos seus consumidores é o que ditará a linguagem que eles desejam ver nas redes sociais.

2. Mantenha as redes ativas e dedique-se à interação

Constancia em Conteudo

Para obter engajamento e fidelização dos clientes por meio das redes sociais, é imprescindível manter uma atividade constante nelas. Por isso, em vez de atacar todas as redes da moda, descubra aquelas onde o seu público-alvo é mais ativo e concentre-se em produzir conteúdo para elas.

A seguir, o próximo passo é prestar atenção às reações da sua audiência. É extremamente importante responder a cada mensagem, resposta ou comentário. Cada uma delas é uma oportunidade de converter uma venda e de fidelizar o cliente.

3. Aposte em imagens e multimídias de qualidade

Imagens de Qualidade

Para chamar a atenção do seu público, é muito importante usar a imagética certa. Imagens, vídeos e gifs devem ser esteticamente alinhados aos seus objetivos de comunicação. Procure utilizar imagens que despertam o interesse e tente aplicar sua identidade visual sobre os conteúdos.

Aqui, uma dica muito importante é produzir suas próprias multimídias. Sempre que possível grave seus próprios vídeos, produza suas próprias fotos.

4. Equilibre conteúdo profissional com conteúdo espontâneo

Fotos Profissionais

Esta dica está muito relacionada à anterior. Em alguns casos, é muito importante investir em fotógrafos e produtores profissionais para criar conteúdo para as suas redes. Contudo, tendo em vista o caráter pessoal das redes sociais, é necessário contrabalancear com postagens mais orgânicas e espontâneas para humanizar o seu negócio.

Uma boa tática é dedicar o trabalho profissional às imagens de produtos ou conteúdos mais institucionais. Assim, você deixa espaço para imagens mais espontâneas para mostrar o dia a dia da empresa, a participação em eventos, etc.

5. Invista no conteúdo gerado pelos seus clientes

UGC - User Generated Content

Utilizar conteúdos produzidos pelos seus consumidores tem um grande potencial de aumentar o engajamento nas suas redes sociais. Além disso, os clientes gostam de ser reconhecidos e aumentam a fidelidade à marca quando se sentem valorizados.

Além disso, assim você estimula outros consumidores a produzirem seus próprios conteúdos. Uma coisa leva a outra e assim sua marca pode obter cada vez mais visibilidade e aumentar a base de seguidores e leads qualificados.

Quer saber mais sobre estratégias de marketing digital e melhorar sua presença nas redes sociais? Fale com a Gente!

Você sabe qual a relação entre SEO e Marketing de conteúdo?

Você sabe qual a relação entre SEO e Marketing de conteúdo?

O marketing de conteúdo e o SEO foram conceitos que mudaram o mundo do marketing. Na verdade, os dois conceitos estão conectados: a estratégia de SEO é feita levando em conta o marketing de conteúdo.

Entenda os conceitos

SEO é a sigla para o termo em inglês “Search Engine Optimization“. Em português, o termo pode ser traduzido como “Otimização Para Motores de Busca”. Em outras palavras, trata-se do conjunto de técnicas utilizadas para aumentar a relevância dos sites em motores de busca, como o Google. Ou seja, utilizando essas técnicas, o site aparece em melhor posição nos motores de busca – e a meta é deixar o site nas primeiras páginas. Mas o algoritmo do Google está em constante mudança, por isso o trabalho do SEO é algo contínuo e que sempre deve ser aprimorado.

Já o marketing de conteúdo é o nome dado à técnica que auxilia a criação de conteúdo com relevância e a atrair potenciais clientes. Com um marketing de conteúdo de qualidade, é possível engajar o seu público-alvo e gerar valor para a empresa, fazendo com que o processo de venda transforme-se em algo natural.

Qual a relação entre eles?

O SEO ajuda a aumentar o tráfego de visitantes para o site e o marketing de conteúdo tem foco no conteúdo relevante para atrair potenciais clientes.

Os dois conceitos precisam andar de mãos dadas e ser colocados em prática ao mesmo tempo. De nada adianta investir no marketing de conteúdo e, por isso, ter conteúdos poderosos no site se eles não aparecem bem ranqueados nos motores de busca e não atingem o público-alvo. Todos os dias são criados novos sites e há dezenas de sites abordando o mesmo assunto, por isso se destacar em meio aos demais é fundamental.

Com o marketing de conteúdo, o site terá boas informações para os usuários, mas apenas com o SEO o Google e outros motores de busca conseguirão visualizar que o site aderiu às principais práticas que otimizam a experiência de seus usuários.

O profissional de SEO é voltado para a parte mais técnica. Com base em estudos atualizados, poderá implementar correções e alterações no site. Mas, para que o seu trabalho seja eficaz, é necessário que o conteúdo alterado e otimizado tenha qualidade e relevância. O primeiro profissional cuida de detalhes como títulos relevantes, tamanho do texto, palavras-chaves adequadas e imagens. Já o profissional de marketing de conteúdo foca nos aspectos do texto.

Inbound Marketing

O marketing de conteúdo não auxilia apenas o SEO, como também o Inbound Marketing. Com o conteúdo de qualidade, é mais provável que os visitantes do site e potenciais clientes sejam convertidos em leads. Em conjunto, as duas práticas tornam-se essenciais para converter os visitantes em figuras ativas, que compram, assinam a uma newsletter, baixam conteúdo, interagem com o site e mais.

Ficou interessado em aumentar a conversão de seu site e sua empresa?

Conheça os nossos serviços e aproveite para fazer um cadastro para análise prévia de presença online e para baixar nossos e-books para se aprofundar nesses e outros temas.

Inbound Marketing: Como aplicar essa estratégia na minha empresa?

Inbound Marketing: Como aplicar essa estratégia na minha empresa?

Com o uso cada vez mais frequente de redes sociais, sites e blogs, os setores de marketing e de vendas se viram obrigados a inovar na hora de atingir e consolidar novos clientes. Como um setor está inteiramente ligado ao outro, o marketing digital passou a ser a fonte de geração de clientes à empresa, que serão levados à compra pelo setor de vendas. Para isso, o momento da atração é um dos mais importantes, e o Inboud Marketing é a solução mais eficaz da atualidade.

Empresas de diversos ramos e portes vêm aplicando o Inboud Marketing para atrair seus leads. Esse termo se refere às empresas ou pessoas que entram em contato ou acessam os sites ou redes sociais de uma empresa, e têm potencial para serem futuros clientes. Para isso, os conteúdos relevantes publicados no site, redes sociais e blogs da empresa são o alicerce dessa técnica de Marketing Digital.

(mais…)

Inbound Marketing. Como isso pode alavancar minhas vendas?

Inbound Marketing. Como isso pode alavancar minhas vendas?

O Inbound Marketing é o nome dado a um conjunto de estratégias capazes de atrair a atenção dos clientes de um determinado segmento, transformando estes potenciais clientes em futuros compradores.

Ocorre que com a globalização e as possibilidades de ampliação de mercado, com o advento da internet e a convergência de diversas mídias, o comércio representativo pela compra e venda de produtos ou simples prestação de serviços conseguiu avançar e quebrar barreiras tanto geográficas quanto conceituais.

Empresas que, antes, eram pequenos negócios de família ou focadas em nichos bastante segmentados, encontraram o potencial ideal para desenvolver toda uma linha de produtos focada no perfil diversificado de cada cliente. Com isso, ampliou-se também o leque de informações disponíveis sobre os mais variados tipos de produtos e serviços referentes a estes negócios.

Com a tecnologia na palma das mãos já não ganha mais quem grita mais alto, mas sim quem convence melhor o seu cliente.

E para convencer um cliente sobre a qualidade do produto ou de sua prestação de serviços, existe todo um trabalho calcado no Inbound Marketing, ou seja, a produção de conteúdos específicos que seguem uma linha de planejamento e estratégias, com a finalidade de atrair o público-alvo (lead) mais rapidamente e de forma mais barata do que através dos anúncios convencionais.

Estes conteúdos são veiculados no site da própria empresa, nos blogs de informação segmentada, nas redes sociais e nos principais meios de comunicação direta com os clientes: WhatsApp, Twitter, Instagram, entre outros.

Atualmente, o mercado possui um público consumidor cada vez mais fiel, consciente de seus direitos, e o principal: muito bem informado. Isto porque, ao contrário do que ocorria há 50 ou 60 anos, hoje a concorrência é maior e mais pluralista, e pretende oferecer um leque de variedades e oportunidades bem maior, para atender a todos da mesma forma.

Uma empresa de doces, por exemplo, que antes fazia apenas bolinhos com uvas-passas, hoje oferece não apenas uvas, mas frutas vermelhas, frutas cítricas, chocolate amargo, ao leite, com uma massa folheada, integral, enfim: dos mais variados tipos. Ela busca servir a clientes que poderão consumir o doce independentemente de possuírem ou não complicações como diabetes.

Como fazer este produto destacar-se no mercado senão através destas estratégias de Inbound Marketing? O cadastro de clientes em harmonia com estas estratégias já é tão bem utilizado que muitas empresas contam até mesmo com programas nos quais os clientes podem experimentar estes produtos e avaliá-los quanto à qualidade e o sabor.

E podem eles mesmos emitir as suas opiniões para o público geral que ainda estiver em dúvida sobre adquirir os produtos ou serviços! Este tipo de estratégia, combinada com a devida campanha para cada público específico, é denominada Inbound Marketing. E existem diversas outras estratégias que, combinadas com conteúdo informativo de qualidade, tendem a converter estes leads em clientes para a empresa.

Existem, por exemplo, blogs de moda que apresentam tendências e mostram em detalhes diversos tipos de combinação de roupas e peças íntimas. Tais blogs conseguem levar a informação por si só, e atrair a atenção de um público que acaba interessado pelo produto, através da divulgação.

O mesmo ocorre com empresas do setor imobiliário. Pesquisas são apresentadas, mostrando as áreas de melhor e maior valorização de mercado tanto para quem deseja investir quanto para quem quer morar. Nestas pesquisas, mostra-se o quanto tais negócios são realmente oportunos e não devem, portanto, ser desperdiçados.

Afinal, o preço do metro quadrado está em baixa e tende a valorizar; a região é considerada segura e com ótima infraestrutura – haja vista os comentários de quem já reside nesta área; e há também a questão da tecnologia, que oferece o maior conforto pelo melhor custo-benefício.

O Inbound Marketing é um trabalho extremamente minucioso e que não pode ser realizado por qualquer profissional ou suposta agência de publicidade. É preciso saber como, porque e quando é o melhor momento de criar algo de impacto para cada tipo de cliente.

Uma agência como a nossa, com certificação em Inbound Marketing pela Hubspot e Marketing de conteúdo pela Rock Content, pode ser a saída para alavancar quaisquer negócios. Sabemos como valorizar o potencial e a qualidade dos produtos e mostrar a seus consumidores por que eles são os melhores do ramo.

5 passos para landing pages altamente eficazes

5 passos para landing pages altamente eficazes

Na maioria das vezes, as empresas que pagam para anunciar ou promover os seus produtos ou serviços direcionam o usuário par ao mesmo lugar: a homepage de seu site.

Infelizmente quando você enviar todos os seus usuários para a homepage do site através de um anúncio on-line fará com que eles, na maioria das vezes, se percam no meio do caminho e não cheguem ao objetivo final de sua campanha que é efetivamente comprar o seu produto ou serviço.

(mais…)

Pin It on Pinterest

× Fale no Whatsapp!