Carregando…
e-commerce vendas

5 maneiras de gerar vendas no e-commerce usando o Facebook

Como usuários do Facebook, todos nós já estamos acostumados a ver algumas propagandas no feed. Se você prestou atenção, deve ter percebido que os anúncios no Facebook não são apenas de grandes empresas, mas também de negócios pequenos e médios. Se prestou mais atenção ainda, talvez tenha percebido que o tipo de publicidade que aparece para você é diferente do que aparece para seus amigos.

Isso porque o Facebook cria um alcance personalizado para seus anúncios, o que aumenta as chances de interesse do público. Isso acontece com a ajuda da própria marca que está sendo veiculada, através de ferramentas integradas que ajudam a mapear os dados do público-alvo.

Esse é um dos motivos pelos quais os anúncios no Facebook realmente funcionam. O site Adweek já comprovou a eficácia dessa técnica de marketing com um estudo; chegaram a conclusão de que o retorno comum do investimento em Facebook Ads é de 152% no ecommerce. Nada mal, hein?

Então, você que tem uma loja virtual e está procurando meios de aumentar o número de vendas, já deveria estar considerando anunciar no Facebook. Entretanto, talvez você já tenha tentado e não deu muito certo. Afinal, o que aconteceu então, se para tantas outras empresas essa estratégia funciona tão bem?

Não esqueça de que o site é apenas um meio para chegar ao seu objetivo. Para que os anúncios funcionem, é preciso um esforço conjunto na criação do conteúdo com o Facebook, para que ele não só alcance muitas pessoas, mas que seja interessante o suficiente para que as pessoas realmente cliquem. Veja algumas dicas de como deixar seus anúncios atraentes e, consequentemente, gerar vendas em sua loja:

Defina o seu público-alvo

É claro que você quer o maior número de pessoas adquirindo seus produtos, mas nada é vendido da mesma forma para todo mundo. Se você trabalha com produtos de maquiagem, por exemplo, seu maior público será composto de mulheres. Se seus produtos são infantis, você precisa alcançar os pais das crianças, que se encaixarão em uma faixa etária mais elevada.

Analise seu e-commerce e veja bem quem se atrai por ele. Com essas informações em mãos, você não só vai informar o Facebook desses dados, como também avisará sua equipe de criação. As propagandas devem ser elaboradas com base nesse público-alvo, relacionarem-se com ele e não soarem genéricas. Só não esqueça, claro, de alinhar também o conteúdo com o valor e a visão da empresa.

 

 

Evite cliques de curiosidade

Por mais tentador que possa parecer, por gerar mais cliques, não adianta muito na prática que os anúncios não estejam com todas as informações. O preço, as condições de pagamento ou de envio são exemplos de esclarecimentos que podem ser expostos desde o começo. Isso evitará uma grande quantidade de cliques que não se transformarão em vendas, e aproximará o anúncio de quem está realmente disposto a conhecer o produto com todas as suas condições.

 

 

Incentive o acesso

Ainda que você queira evitar os curiosos, é claro que alguma coisa precisa chamar a atenção – mais do que o preço ou qualquer outra informação. Algumas palavras específicas costumam funcionar bem, como “barato”, “novo”, “menor [preço]” ou “grátis”. O senso de urgência também é uma boa ideia, como promoções de tempo limitado ou avisos de “últimas peças”.

 

 

Capriche nas imagens

Anúncios com imagens são os melhores, definitivamente. O olho humano se atrai primeiro para a imagem de um post em quase todas as situações, e ela dará o tom da publicidade. Por isso, é muito importante que as fotos usadas não sejam genéricas demais ou não mostrem o produto anunciado claramente.

Para garantir uma boa imagem em anúncios de Facebook, reúna esses pontos: mostre o produto, só use arquivos com boa qualidade, deixe a imagem limpa, e mostre os elementos da foto na ordem em que devem ser vistos pelo leitor.

 

 

Use o AIDA

AIDA é a nomenclatura de um modelo de texto que serve para aumentar o engajamento do público. Ele significa Atenção, Interesse, Desejo e Ação, e narra basicamente o processo pelo qual o cliente deve passar ao ver o anúncio. Facebook Ads vêm com limite de caracteres, então o modelo é ótimo para checar se os leitores realmente conhecerão todos esses passos.

 

 

Cadastre-se para novas atualizações

Cadastre seu email e receba nossos novos artigos relacionados ao Marketing Digital.

Não se preocupe. Também não gostamos de SPAM.

Obrigado! Seu email foi cadastrado com sucesso.

Deixe uma resposta

Cadastre-se para novas atualizações

Cadastre seu email e receba nossos novos artigos relacionados ao Marketing Digital.

Não se preocupe. Também não gostamos de SPAM.

Obrigado! Seu email foi cadastrado com sucesso.